Dignidade: Roupa de Academia

Bom dia, Fit Petites!!

Sabemos (e esperamos) que vocês vão à academia, ao pilates, correr no parque, não apenas pra fazer selfie no espelho, mas sim, pra manter o shape em forma.

Mas não é porque você vai sair de lá toda suada, descabelada e esgualepada, que precisa ir vestida como se fosse um Judas. E, pensando nisso, viemos hoje com a nobre missão de ajuda-las a manter a dignidade nos momentos mais ingratos dessa vida.

A Marilyn no #projetoverao
A Marilyn no #projetoverao

Durante muito, mas muito tempo da minha vida, eu fui uma praticante assídua de levantamento de gatos! Mas teve um momento em praticar algum exercício físico, de qualquer modalidade que fosse, não era mais uma opção e sim, uma necessidade. Quem ainda não chegou nessa fase, esperem passar dos 25 anos pra ver!

Fui descobrindo aos poucos a importância das roupas apropriadas para ir à academia. Achava que uma bermuda de “fazer faxina” e uma camiseta regata estava OK. #sqn

Não que seja necessário você gastar os tubos nas lojas especializadas mas algumas coisas são realmente necessárias:

Tênis: o tênis deve ser escolhido de acordo com a modalidade. Há modelos especiais para praticantes de corrida (aí vale a pena investir, pra você não estourar os joelhos e as costas), para praticantes de musculação, de aeróbicos, e enfim.

Regatas: Ainda não me dei ao luxo de comprar uma daquelas regatas de tecido tecnológico dry fit, mas no verão, especialmente nas regiões mais quentes, elas serão uma mão na roda, porque não viram aquela estufa como as regatas/camisetas de malha comum.

Tops: Pra mim, que tenho peitos pequenos, dá pra usar um soutien (tenho um só pra essa finalidade), mas o top também foi uma grande descoberta. Pra quem tem seios de tamanho médio para cima, é importante para dar sustentação e não ficar chacoalhando na hora em que você vai fazer jump ou correr na esteira. O top que eu uso é da Acquamires e é de ótima qualidade.

Até aí, sem mistérios. Mas algumas indumentárias de academia, por mais bizarras que sejam, são necessárias.

Polainas: Eu sempre ficava me perguntando a razão das pessoas usarem polainas ou meias esticadas até a altura dos joelhos. Só podia ser moda, pensava eu. Até que um dia coloquei uma caneleira mais pesada, e o velcro deixou minhas canelas todas resfolegadas. Ponto pra polaina!

Bermuda, short-saia e legging: Eu sou adepta do short saia. A razão é simples. A medida do meu quadril é maior que a metade da minha altura. Logo, quando visto legging, fico parecendo uma coxinha. O short-saia é uma opção legal porque fica mais gatinha e, como já comentamos, os cumprimentos menores nos fazem parecer, digamos assim, menos baixinhas.  Além disso, você está salva do capô de fusca (só isso já justifica)!

O cumprimento nessa hora é importante. Os primeiros modelos que comprei ficavam um pouco curtos. Nada que mostrasse a papada, claro, mas a cada série tinha que ficar puxando o shortinho pra baixo. Pra quem pratica musculação, é necessário prestar atenção no cumprimento da bermudinha de baixo, porque ela garante o conforto e a decência na hora de praticar o exercício.

Atualmente, o meu preferido é esse modelo da Adidas, mas também o da Hering Fitness também não faz feio!

Short saia Hering fitness
Short saia Hering fitness

Pra quem pratica corrida, os cumprimentos minis estão liberados! Uhuuuuw!

Para qualquer dos três modelos que você optar, escolha sempre um tecido mais grosso, que não marque demais o corpo. Deixe os tecidos fininhos para a parte de cima.

Macacão: Não tenho autoridade pra falar a respeito dele. Nunca me deu coragem de vestir um. Se você não é a Gabriela Pugliesi, melhor não se arriscar.

Não preciso explicar, né!
Não preciso explicar, né!

Tapa-bumbum: Acho meio sem propósito porque no final das contas, ele acaba marcando a parte traseira mesmo. Mas a modelagem correta pode acabar disfarçando quem tem os quadris mais salientes.

Acompanha pochete!
Acompanha pochete!

Para as petites, vale a pena investir:

Short saia, com a bermudinha mais ou menos no meio da coxa.

Se tiver que usar polainas, deixe para esticá-las apenas na hora de usar a caneleira e procure usar uma cor próxima da cor do tênis e da calça. De preferência, que seja tudo da mesma cor.

Leggings lisas e em cores escuras. É mais versátil e mais decente. Deixe as cores e estampas para a parte de cima!

Para magras, gordinhas, petites ou girafas, nunca, jamais, nem sob tortura:

*meia de bichinhos: só pra dormir em casa, e sozinha. Hoje em dia tem pacotinhos com meias invisíveis por preços bem acessíveis. Você não irá precisar de muito mais que isso.

* camisetas de bichinhos: vide item acima

* short saia com babados na traseira: não dá, amiga!

What a hell??
What a hell??

* legging branca: indiscutível. Não dá mesmo. Nem pra Gabriela Pugliesi ou pra Bela Falconi. E nem preciso nem explicar.

A Janice quase caiu dura quando viu!!
A Janice quase caiu dura quando viu!!

Agora que você já está super informada, vai bater perna e procurar a sua roupa de academia, porque tá todo mundo começando o #projetoverao!

2 comentários

  1. Fernanda Trein

    Eu não abro mão do melhor top que as minhas realidades puderem pagar! Tenho da Misma e da Adidas, que é o meu preferido!
    Afinal, é pra malhar e não fazer faxina!

    Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s